Coaching para Adolescentes

Coaching para Adolescentes

Por: Marcia Belmiro | Adolescentes | 01 de julho de 2018

Você já se imaginou ajudando jovens a terem mais equilíbrio, autorresponsabilidade, autoestima e confiança? Este é exatamente o papel de profissionais que utilizam técnicas de coaching para trabalhar com adolescentes.

Como se sabe, a adolescência é um período essencial no amadurecimento e na construção da própria identidade, de valores e de definições importantes. Ter um processo que ajuda o adolescente a se conhecer e a desenvolver habilidades como empatia, perseverança e valorização de si mesmo e do outro, traz impactos positivos durante a adolescência que perdurarão por toda a vida.

O coaching ajuda os adolescentes em suas atividades e objetivos, levando-os a encontrar um caminho para alcançar o que precisam que os levará ao seu desenvolvimento pleno, lidando com os principais desafios próprios dessa fase de transição entre a infância e adultez, tais como a falta de autoestima e o fato de não saberem posicionar-se com segurança, não conhecer ou ter acesso a um método de estudo eficaz, o enfrentamento do bulling, dificuldades nas relações familiares, no entrosamento social e até no equilíbrio entre os tempos de lazer e de compromissos.

Por meio de um método que considera as especificidades e os desafios próprios do período, o coaching para adolescentes é indicado para pais, professores e coaches, que desejam atuar de forma prática e eficiente, promovendo mudanças efetivas no universo dos adolescentes, em suas famílias, relações e em seus resultados de uma maneira geral.

Os desafios de um jovem – em diversas fases da adolescência – como já vimos, não são poucos. Se ignorados ou mal trabalhados, podem trazer prejuízos para a sua vida adulta, como a dificuldade em entender e expressar sentimentos, em se aproximar de parceiros afetivos e de interagir socialmente em contextos mais amplos, como um ambiente de trabalho, por exemplo.

Sem contar que adultos que carregam em sua bagagem uma adolescência mal vivida ou mal trabalhada dificilmente sentem-se seguros ao fazer escolhas definitivas, como a de uma carreira a seguir, e correm grande risco de se frustrarem lá na frente.

Nesse sentido, é muito importante poder contar com um processo que ajude o adolescente a se conhecer, a desenvolver habilidades como empatia, perseverança, valorização de si mesmo e do outro. Por outro lado, tão necessário quanto compreender o que é o coaching para adolescentes e como ele pode auxiliar este período de vida, é esclarecer o que ele não é.

O coaching para adolescentes não é a mesma coisa que práticas como a psicoterapia ou a orientação vocacional. Sua proposta é instrumentalizar pais, responsáveis, educadores e todos aqueles que trabalham ou lidam com adolescentes, para que eles, de fato, ajudem os jovens a desenvolverem, com segurança, suas competências, habilidades e comportamentos através de técnicas e ferramentas exclusivamente elaboradas para o trabalho com pessoas nesta complexa fase da vida.

O processo gera saúde emocional e relacional, ao conduzir os adolescentes a transformações muito profundas e significativas, fazendo com que eles se conheçam melhor, utilizem seus talentos, tenham clareza de onde querem chegar, além de contar suporte para alcançar o que desejam.

Adolescentes que têm recursos internos bem desenvolvidos, que se comunicam de forma mais eficiente e que assumem responsabilidade sobre suas escolhas e seus resultados, têm plena

condição de se tornarem adultos mais realizados e mais preparados para os desafios que a vida inevitavelmente oferece.

Matérias Relacionadas

O luto em sala de aula no pós-pandemia
Coach, o que fazer quando seu cliente não contribui nas sessões?
Quais as consequências de educar meninas para serem princesas?