BNCC: O que o mercado oferece e o que de fato funciona?

BNCC: O que o mercado oferece e o que de fato funciona?

Por: Marcia Belmiro | Crianças | 14 de novembro de 2019

Desde que a Base Nacional Comum Curricular foi homologada, seus pontos têm sido tema frequente nas escolas de todo o país, e as consultorias voltadas ao setor educacional já oferecem produtos para a capacitação dos educadores e gestores. Com a proximidade do fim do ano de 2019, esse movimento está ainda mais forte, já que a introdução da BNCC passa a ser obrigatória na educação infantil e no ensino fundamental a partir de 2020 – as mudanças só passam a valer para o ensino médio em 2021.

Em uma pesquisa rápida na internet, encontramos uma amostra do que está à disposição das escolas para que se adequem às novas normas. E como todo tipo de serviço, há profissionais sérios e outros nem tanto no mercado. Tem empresa famosa que cobra caro para entregar uma pilha de livros – voltados aos públicos de gestores, professores e alunos –, mas na prática o material acaba guardado dentro dos armários.

Tem curso presencial formado por slides com uma cópia exata do documento oficial da Base, sem qualquer análise mais aprofundada do que de fato ela significa. Tem e-book para baixar na internet com dicas do tipo “faça dinâmicas motivacionais” ou “esteja sempre pronto a ouvir”, sem explicar como fazer isso. E tem até consultoria oferecendo “tudo o que você precisa saber sobre a BNCC” em um curso EAD 100% teórico.

 

Por que não funciona?

O que a BNCC traz de mais inovador é admitir a importância das habilidades socioemocionais, mostrando como elas são fundamentais para o estudante de hoje em dia e como serão ferramentaria básica para os futuros profissionais de nosso país. Mas para esse aprendizado ser efetivo, tem de ser vivenciado, experienciado em situações reais. Sendo assim, nenhuma das alternativas mostradas acima pode ser realmente eficaz. Um exemplo: saber o conceito de empatia leva o aluno a obter boa nota na disciplina inclusa no Projeto Político-Pedagógico (PPP) da escola, mas não faz com que ele esteja apto a resolver conflitos, lidar com as próprias emoções ou atuar cooperativamente em seu dia a dia.

Então o que funciona?

Uma formação que mescle rica teoria e prática, dando a oportunidade de os educadores aprenderem ferramentas embasadas em Psicologia Positiva, Neurociência, Psicanálise, Gestalt-Terapia, Pedagogia e Filosofia. Um método validado com milhares de crianças e adolescentes no Brasil e no exterior, o que faz toda a diferença na hora de orientar, educar, resolver problemas do universo familiar e escolar.

Nas formações KidCoaching e TeenCoaching, os participantes vivenciam de fato as situações por meio de intervenções cirúrgicas dentro das situações cotidianas que se apresentam naturalmente dentro da sala de aula, propiciando diálogo empático, escuta ativa, consciência crítica e empoderamento – em suma, o fortalecimento saudável da autonomia dos estudantes, por meio de:

– Uma educação sem medo, ameaças nem castigos;
– Estímulo à criatividade do aluno, ajudando-o a pensar e a se arriscar sem medo de críticas;
– Valorização de talentos em sala de aula;
– Melhor convivência com a diversidade, tendo como base o respeito e o apoio mútuo;
– Estímulo ao autocomprometimento com as próprias ações e resultados.

Estamos produzindo uma série de textos no blog sobre a Base Nacional Comum Curricular, e este é o terceiro e último. Fique de olho para saber tudo sobre a BNCC!

Leia:

“O que é a Base Nacional Comum Curricular?” em https://riocoaching.com.br/o-que-e-a-base-nacional-comum-curricular/

“A importância das habilidades socioemocionais” em https://riocoaching.com.br/a-importancia-das-habilidades-socioemocionais/

 

Quer saber mais sobre o KidsCoaching e o TeenCoaching? Acesse o site e entre em contato com um de nossos consultores:

                      

Matérias Relacionadas

Como você quer que seja seu 2020?
Como ajudar os filhos a lidar com a frustração
Minha profissão vai existir daqui a dez anos?