Revolução pós-maternidade: O que te impede de realizar seus desejos?

Revolução pós-maternidade: O que te impede de realizar seus desejos?

Por: Marcia Belmiro | Carreira | 11 de fevereiro de 2021

Depois que fui mãe, sinto um chamado para revolucionar minha vida, mas tenho medo, não sei por onde começar.”

A maternidade é, para muitas mulheres, uma possibilidade de mudança grandiosa de vida. Parece que as coisas de antes não fazem mais sentido, que seu propósito de vida mudou – ou que foi deixado de lado até agora, e neste momento há uma urgência de retomá-lo.

Em primeiro lugar, é importante identificar seus medos e acolhê-los. São medos pautados em fatos ou são crenças limitantes? É fundamental refletir sobre essa questão.

Confira abaixo o exame de evidências, que pode ajudá-la nessa situação:

Exercício:

  • Tome o pensamento negativo X e escreva-o no topo da página. Trace uma linha no centro da página, formando duas colunas.
  • Na coluna da esquerda liste todas as evidências que confirmam o pensamento.
  • E na coluna da direita, todas as evidências que contradizem esse pensamento.

Perguntas:

  • Compare as evidências contra e a favor do pensamento. A relação é de 50/50? 60/40? 40/60? Se subtrair os custos do benefícios, qual o resultado?
  • Além disso, você pode considerar um pensamento alternativo mais positivo Y?
  • Faça uma análise de “ganhos e perdas” entre os pensamentos X e Y, e reflita sobre suas conclusões.
  • Tendo listado as evidências contra e a favor da validade da crença negativa, pergunte: Você pode estar perseguindo e punindo a si mesma?

Talvez você já tenha concluído que estaria melhor sem esse medo, mas, conforme examina as evidências que o apoiam, descobre que tem muitas razões pra se agarrar a seu pensamento negativo.

Nesse caso, há algumas perguntas a fazer a si mesma, como uma exame de qualidade das evidências:

  • Quão boas são as evidências que confirmam ou confrontam a sua crença?
  • Você acha que as pessoas considerariam convincentes as suas evidências? Ou as considerariam sem lógica? Extremas?
  • As pessoas diriam que você conseguiria convencer um júri sobre a veracidade de sua afirmação? Ou seria considerada exagerada? Por quê?

Diante dessa reflexão profunda, você considera que seus medos têm fundamento ou são só crenças limitantes? No primeiro caso, como você pode resolver o que é necessário para seguir adiante com seus sonhos de mudança? No segundo caso, como você pode se libertar da autossabotagem, revertendo essa situação a seu favor?

Lembre-se que independentemente da situação, é possível alterá-la, e a chave para isso está em suas mãos.

Matérias Relacionadas

O estágio do KidCoach: experiência e remuneração
Como falar sobre morte com as crianças?
Aulas particulares sempre valem a pena?