Seis mitos sobre o Coaching Infantil

Seis mitos sobre o Coaching Infantil

Por: Marcia Belmiro | Crianças | 01 de julho de 2021

O Método CoRE KidCoaching foi criado por Marcia Belmiro em 2015. De lá para cá, mais de 3 mil coaches já foram formados e milhares de famílias e escolas foram impactadas em todo o Brasil e no exterior.

No entanto, alguns pontos relacionados à atuação dos KidCoaches ainda geram dúvidas. Pensando nisso, fizemos uma lista com os 6 principais mitos sobre o Kids Coaching – com suas respectivas explicações:

 

MITO 1: No Método CoRE KidCoaching meu filho será condicionado a bater metas e ser produtivo, como no Coaching Corporativo (Professional Coaching).

VERDADE: No Método CoRE KidCoaching a criança será incentivada a lidar com seus sentimentos e expressá-los de maneira adequada, a ter foco e entusiasmo adequados a sua idade. Será estimulada a refletir sobre as razões e consequências de suas ações, sendo conduzida à autorresponsabilidade.

 

MITO 2: A criança e a família ficarão dependentes do KidCoach, pois ele é quem sabe dizer-lhes o que fazer.

VERDADE: O KidCoach sabe que os melhores coaches dos filhos são os pais! Por meio de técnicas de eficácia comprovada, ele vai auxiliar a família a definir um objetivo — partindo de um comportamento atual e chegando ao novo comportamento que se deseja alcançar. E, num processo com início, meio e fim, orientará a criança e a família sobre como eles próprios podem definir as melhores ações para alcançar esse objetivo. Importante lembrar: sempre respeitando a idade de cada criança, assim como sua dinâmica e seu sistema familiar.

 

MITO 3: O KidCoach compete por mercado com psicólogos, psiquiatras, pedagogos e outros especialistas.

VERDADE: O KidCoach não trata distúrbios, ele encaminha e recebe clientes dos especialistas, podendo atuar em parceria com estes ou de forma independente. O KidCoach desperta na criança e na família seu poder de encontrar as melhores soluções para os problemas cotidianos. Retoma valores, estimula o rompimento de crenças limitantes, auxilia na descoberta dos talentos da criança, trabalha a autoconfiança e estimula a decisão de novas atitudes para que novos objetivos sejam alcançados. E ainda melhora a comunicação dentro de casa, o que ajuda na reconexão de todo o sistema familiar.

 

MITO 4: O KidCoach analisará os problemas do meu filho e indicará as causas.

VERDADE: O Método CoRE KidCoaching foca no futuro, ou seja, nas ações que podem ser feitas de agora em diante para a resolução de problemas do cotidiano, que muitas vezes afligem as crianças e suas famílias – tais como birra, desinteresse pelos estudos, problemas de relacionamento, com alimentação, mentira, medo, insegurança, tédio, falta de empatia, inquietação, arrogância –, sem procurar culpados. Quem decide quais comportamentos serão transformados é a própria família.

 

MITO 5: Quando eu apresentar ao KidCoach qual comportamento meu filho precisa mudar, ele me indicará o que devo ou não fazer.

VERDADE: O KidCoach não julga nem aponta o que é certo ou errado. Ele desperta na criança, junto com sua família, talentos e habilidades para lidar com sentimentos e dificuldades do dia a dia, de modo que a própria criança aprenda a solucionar seus problemas, empoderando-a de sua vida e de sua felicidade.

 

MITO 6: O KidCoach dá assistência apenas às crianças.

VERDADE: O KidCoach atua junto aos pais, cuidadores e professores, estimulando-os a utilizar uma abordagem Coaching que traz benefícios para as crianças, claro, mas também fortalece vínculos e melhora o relacionamento entre os envolvidos – na família e na escola.

Matérias Relacionadas

#euindico – Marcia Belmiro: apps para adolescentes
Como lidar com os palpites na criação dos filhos
Criança birrenta: como lidar com as birras no dia a dia