Os três principais erros na comunicação com os filhos adolescentes

Os três principais erros na comunicação com os filhos adolescentes

Por: Marcia Belmiro | Adolescentes | 27 de outubro de 2017

A comunicação com adolescentes geralmente é uma tarefa desafiadora. Temos a tendência a achar que essa dificuldade é culpa da sociedade moderna, da tecnologia e dos celulares, mas basta que cada um lembre de sua própria adolescência para perceber que alguns aspectos já estavam presentes.

O sentimento de não ser entendido pelos outros, de ser julgado constantemente, o desejo de ficar sozinho ou apenas com os amigos, bem como os questionamentos de autoridade são todos aspectos comuns da adolescência em diferentes gerações.

Hoje vemos os adolescentes bem envolvidos nas redes sociais e muito atentos aos seus smartphones. É uma forma diferente de se relacionar com o próprio grupo e de se afastar dos pais, mas essa dependência do grupo e o afastamento dos pais é uma característica comum dessa fase de construção da própria identidade.

A adolescência é uma fase de transição, cheia de riscos, questionamentos e angústias. Uma boa comunicação entre pais e filhos neste período é essencial para dar segurança ao adolescente e para que ele possa lidar de uma forma mais responsável e tranquila com todas essas mudanças e pressões.

Para os pais, não é fácil lidar com essa mudança: quando criança o filho mostrava dependência e era mais fácil para os pais terem o sentimento de controle, de proximidade e de cuidado. De repente, essa criança começa a se desenvolver, ser independente, questionar, ter posicionamentos fortes e pensar de forma crítica e os pais. Quando isso acontece, os pais geralmente se sentem rejeitados, muitas vezes entendendo que o filho está expressando ingratidão e ficam perdidos em relação a como construir uma relação para essa nova fase.

Existem 3 erros principais que muitos pais cometem e causam um afastamento maior do adolescente, prejudicando ainda mais a comunicação e a relação. Saiba quais são a seguir e descubra como evita-los:

3 erros cometidos na comunicação com adolescentes

Criticar demais

Sempre criticar o adolescente ou querer que ele faça as coisas do seu jeito é um erro muito comum. Muitos pais querem que o filho se vista, sirva a comida, estude e se comporte da melhor forma. Mas as sugestões que ele aceitava quando criança acabam fazendo com que ele não se sinta aceito da forma como é atualmente, o que provoca um sentimento de ser julgado constantemente e um consequente desejo de se afastar.

Revelar informações sobre o adolescente

Para o adolescente, a confiança é um valor supremo. Sendo assim, se ele te contou algo é porque te valoriza e espera que você guarde essa preciosa informação. É comum ver mães contando para todas as tias que a filha ficou menstruada ou que está gostando de alguém, ou ainda os pais contando para o supervisor da escola sobre algo que o filho lhe relatou. Mesmo que para você isso pareça algo sem importância, para o adolescente isso é um valor e um mecanismo de proteção.

Falar mal das coisas que o adolescente valoriza

Muitos pais se sentem rejeitados pelos filhos, que de repente começam a dar um valor enorme aos amigos, aos pais dos amigos, àquela banda que você acha horrível, àquele jogo de vídeo game que parece bobo, àquela série que você acha muito chata. Uma atitude comum dos pais é começar a falar mal dos amigos, da banda, do jogo e da série que o filho começou a idolatrar.

A intenção dos pais é boa, de mostrar para o filho que ele está dando uma importância fora do normal para aquilo, e acaba sendo uma tentativa de chamar a atenção dos filhos para os próprios pais. Na prática, o tiro sai pela culatra, pois falar mal das coisas que seu filho valoriza te torna um grande inimigo e faz com o adolescente não se sinta aceito, mas julgado.

Tentar ver valor nessas coisas é um exercício difícil e que vai te aproximar dos interesses do seu filho e melhorar a comunicação e o relacionamento. Deixar de criticar é o primeiro passo, o segundo é fazer um esforço para ver valor no que ele gosta!

Você está cometendo esses erros com seu filho adolescente? Faça nosso teste e descubra como está sua comunicação com seu filho adolescente!

Imagem: Highwaystarz-Photography / iStock / Getty Images Plus

Matérias Relacionadas

Meu filho pega coisas que não são dele, o que fazer?
A importância dos cuidados com a saúde na adolescência
Dar mesada aos adolescentes ajuda ou atrapalha?